Translate

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

A célebre expedição das cabeleireiras pafinhas ao Everest que, como é sabido, levou Mário Centeno a presidente do Eurogrupo

por estatuadesal

Quando, há un meses, Schäuble elogiou Mário Centeno fartei-me aqui de rir. Escrevi então O elogio, pela boca de Schäuble, de que Centeno é o Cristiano Ronaldo do Eurofin é a pimenta que faltava no cu de Passos Coelho.

Contudo, no dia seguinte, ao ler a opinião de gente sábia -- desde embaixadores a comentadores com pedigree, passando pela fina flor dos PàFs -- fiquei a achar-me uma eterna ingénua encartada.